Fórum da Família - 20 Out 03

Jovens: as principais vítimas da SIDA

             O relatório das Nações Unidas “O Estado do Mundo”, publicado a 8 de Outubro de 2003, dá conta da situação mundial relativamente à epidemia da SIDA, com dados particularmente sugestivos e que dispensam comentários:

  • Metade dos novos infectados com HIV são adolescentes menores de 19 anos
  • Pelo menos um terço dos que são afectados por doenças de transmissão sexual, registados em cada ano, têm entre 15 e 24 anos
  • De 14 em 14 segundos um jovem é infectado com HIV, o que significa que são cerca de 6000 os que se contagiam diariamente em todo o mundo
  • Metade das novas infecções recaem directamente sobre jovens dos 15 aos 24 anos, a maioria dos quais vive em países em vias de desenvolvimento
  • Dois em cada três infectados por HIV são mulheres (em África 67%, na Ásia 62%)

             A directora executiva do departamento da ONU que elaborou este relatório, Thoraya Ahmed Obaid, considera a situação uma “catástrofe global”, tanto mais que os adolescentes e jovens constituem um quinto da população mundial.

            Comentando estes resultados, a directora executiva apontou os males que causam a SIDA: as chagas do terceiro mundo chamadas pobreza e descriminação da mulher. Chagas que, sendo certas, evadem culpas que devem ser compartilhadas com o primeiro mundo, como a prostituição, a precocidade, a promiscuidade, bem como outras culpas genuínas do primeiro mundo, como sejam a homossexualidade e a droga.

 

Fonte: www.cias.webcindario.com