Chirac pede à ONU que proíba a clonagem humana

O Presidente francês pretende que as Nações Unidas proíbam rapidamente a clonagem humana, num momento em que se fala do nascimento dos primeiros clones.

11-12-2002/17:15

"Estou muito preocupado com a perspectiva de uma eventual clonagem humana e gostava que a sua proibição fosse solenemente pronunciada pelas Nações Unidas o mais depressa possível", disse o Chefe de Estado em Conselho de ministros.
      
O porta-voz do Governo, Jean-François Copé, acrescentou que Chirac pretende que a "França continue a desempenhar um papel motor no plano internacional com vista à proibição da clonagem reprodutiva".
     
As declarações do presidente francês acontecem alguns dias depois do polémico ginecologista italiano Severino Antinori ter assegurado que o primeiro bebé clonado vai nascer antes do final do ano, e que será "filho de um árabe rico".

http://www.rr.pt/noticia.asp?idnoticia=61972