Juntos Pela Vida - 1 Mar 04

COMUNICADO 

O movimento Juntos pela Vida vem, por este meio, manifestar publicamente a sua concordância com as recentes declarações ao jornal Público do director do refúgio Aboim Ascensão, Dr. Luís Villas-Boas. 

Importa desde logo referir que o Dr. Villas-Boas recordou e bem os princípios para a adopção, reconhecidos pelo direito internacional e pela lei portuguesa, que são: 

1 - A adopção visa reproduzir, tanto quanto possível, a família biológica de que a criança naturalmente faz parte. 

A família biológica de origem não pode ser nunca um casal de homossexuais. Toda a criança nasce de um pai e de uma mãe. Logo, há que tratar de maneira diferente, aquilo que é diferente na natureza.  

2 - Na adopção deve sempre privilegiar-se o interesse do menor, aquilo que é bom para o menor. 

A adopção não existe como maneira de realizar o direito das pessoas a ter filhos e a constituir família, mas sim para integrar a criança que, muitas vezes por circunstâncias injustas, se vê privada de ser amada e acolhida na sua própria família biológica. 

Não existem ainda suficientes estudos sobre o desenvolvimento de crianças educadas em lares de homossexuais, até porque são demasiado recentes e ainda pouco frequentes em número, os casos de crianças adoptadas nestas circunstâncias. Pelo contrário, a família estável composta por pai e mãe está reconhecida como um ambiente adequado para a educação da criança órfã ou abandonada. A felicidade de uma criança é demasiado valiosa para que seja sujeita a experiências, cujos resultados são incertos. 

Deve prevalecer o interesse do menor, e existem em Portugal casais heterossexuais em lista de espera para adoptar crianças. Por isso, quem tem em conta a sua felicidade, tem toda a legitimidade para defender que não há necessidade de fazer experiências com a felicidade de crianças que já são, à partida, discriminadas em relação a todas as outras, que foram acolhidas e amadas no seio das suas próprias famílias. 

Movimento Juntos pela Vida

jpvida@geocities.com

http://go.to/juntospelavida

WB00789_.gif (161 bytes)