MOVE - Movimento de Pais - 22 Mai 05

 

COMUNICADO

Perante as notícias saídas no passado dia 14 de Maio no semanário "Expresso", e cedendo ao natural impulso de "temos que fazer alguma coisa", um grupo de pais lançou no dia 17 de Maio uma petição na internet, que pode ser consultada e subscrita em http://peticao.stop.to.

Dada a enorme adesão dos pais a esta iniciativa, e de acordo com as inúmeras mensagens de apoio e sugestões, decidimos organizarmo-nos sob a forma de MOVE - Movimento de Pais e lançámos um site em http://www.move.com.pt, que convidamos a visitar e divulgar.

Uma vez que imensos pais não têm acesso à internet, lançamos hoje uma petição em papel, pedindo a sua colaboração para imprimir, divulgar e angariar assinaturas. A petição, que se junta e que contém as necessárias instruções, poderá também ser obtida em http://www.move.com.pt/PeticaoEdSexual.pdf.

O MOVE - Movimento de Pais:

1 - Apela aos pais portugueses para manifestarem a sua indignação pelo que está a passar-se nas escolas a coberto de "educação sexual" e/ou "educação para a saúde", sem o seu conhecimento nem consentimento, agravado por ser alimentado com imenso dinheiro do erário público, divulgando e assinando a petição disponibilizada;

2 - Apela ao Governo para suspender todos os protocolos com a APF - Associação para o Planeamento da Família e investigar todo o material e acções por esta produzidos;

3 - Apela aos pais políticos para se unirem, independentemente da sua ideologia política, a fim de defender os nossos filhos de quem os quer catequizar sem o nosso conhecimento nem consentimento;

4 - Apela aos pais jornalistas para investigarem o que se tem passado a coberto das designações "educação sexual" e "educação para a saúde", para o que nos disponibilizamos a mostrar factos e documentos;

5 - Reafirmamos que a situação actual não é, por enquanto, da responsabilidade do actual Governo, embora estejamos preocupados com as declarações da Senhora Ministra da Educação em que manifestou a vontade de dar continuidade a algo que confessou desconhecer;

6 - Apela às diversas associações de pais, de família e outras a aderirem a este movimento, bastando enviar email com os dados e contactos dessa associação para aderimos@move.com.pt e colaborar na divulgação e recolha de assinaturas da petição.

Lisboa, 22 de Maio de 2005

Pelo MOVE - Movimento de Pais

Isabel Carmo Pedro

Adriana Menezes

Luís Pereira de Almeida

Tel: 937 209 125

WB00789_.gif (161 bytes)